Pobreza, igualdade e justiça social: republicanismo kantiano e contratualismo rawlsiano